A Automação Residencial está cada vez mais acessível

A Automação Residencial está cada vez mais acessível

A Casa Inteligente já está ao alcance dos consumidores.

A Automação Residencial está cada vez mais acessível

Da iluminação ao controle de janelas e persianas.

A automação deixou de ser tendência e já tem espaço em um número cada vez maior de residências. A invasão de aparelhos eletrônicos na rotina das pessoas as aproximou da tecnologia. Com ela, trouxe o desejo de estender esse recurso a cortinas, câmaras, iluminação, alarmes e acessos.

Especialistas afirmam que uma das maiores barreiras para utilização massiva da automação residencial até alguns anos atrás era o preço. Hoje, com os avanços tecnológicos e barateamento de alguns equipamentos, esse não é mais o problema. Atualmente, a única barreira que causa um pouco de encarecimento na automação é o aumento do dólar. No entanto, acredita-se que com um orçamentos à partir de R$ 3.000 já é possível trabalhar com a automação da sua residência.

Atentas à crescente demanda dos usuários pelas facilidades permitidas pela automação residencial, algumas empresas já incorporam ao projeto arquitetônico a infraestrutura necessária para automatizar todos os ambientes dos apartamentos.

Conheça alguns produtos plug and play para automação da sua residência

Para variar um pouco, existem algumas opções de produtos que podem ajudar na automação da sua casa. Muitas ainda não são comercializadas no Brasil, mas o mercado internacional conta com soluções que atendem a algumas demandas quando o assunto é casa inteligente.

Como o comando de voz é aquele que garante o menor esforço na hora de solicitar alguma tarefa, a ideia mais consagrada até então é a de usar um dispositivo semelhante a uma caixa de som convencional. A diferença é que ela também capta o que o usuário fala.

Essas “caixinhas mágicas” têm o objetivo de facilitar a escolha de músicas e opções de entretenimento no geral e otimizar o gerenciamento de atividades do dia a dia. Três marcas apostaram neste formato e deram origem ao Google Home, Apple HomeKit e Amazon Echo.

O grande diferencial do Google Home é que ele possibilita consultas ao famoso buscador, além de ter mais opções de cores que os concorrentes; enquanto o Apple HomeKit promete uma difusão melhor do som, já que se coloca no mercado como sendo, em última instância, uma caixa de som mesmo. Já o Amazon Echo tem compatibilidade com os aplicativos da gigante de vendas.

A Samsung não está de fora dessa: ela oferece, também no exterior, o SmartThings, um kit que promete funcionalidades parecidas com as dos produtos citados acima, mas já com mais itens de integração.

Todos os produtos têm também aplicativos com o mesmo nome para smartphones, garantindo a integração com o aparelho.